Continua depois do anúncio

GALERIA #ZZNAFOLIA

Falta pouco para as fotos entrarem no aro

Dias
Horas
Minutos
Segundos

Espaço Zig Zag ainda terá atrações para os intervalos dos desfiles, com direito a open bar e buffet à disposição dos convidados.

BatuqDellas e Sambadm vão agitar os intervalos dos desfiles na sexta (22) e sábado (23) no espaço da Rede Gazeta no Sambão.

Programação

Frutas, sucos, águas aromatizadas e carnes magras são os mais indicados no pré-carnaval.
A Coluna Zig Zag separou algumas produções que estão bombando nas redes sociais para você se inspirar para cair na folia.

Carnaval não é bagunça e o folião que é educado deve ficar atento às regras e etiqueta que deve seguir para se comportar nos camarotes do Sambão

Sua #ZZNAFOLIA

Continua depois do anúncio

  • Editorial

O Sambão do Povo é da Rede Gazeta

  Abram alas para a folia. O Sambão do Povo se transforma pela 17 ª vez o palco do Carnaval de Vitória. E a Rede Gazeta entra na avenida com cerca de 200 profissionais para a maior e melhor cobertura da folia em todos os seus veículos: Gazeta Online, Jornal A GAZETA, Notícia Agora, TV Gazeta e rádio CBN. A coluna Zig Zag também faz parte desse time e contará todos os bastidores do evento e do nosso espaço montado no Setor A do sambódromo. No espaço ZZ, a Rede receberá foliões nesta sexta, dia 22, e sábado, dia 23, para acompanhar os desfiles das escolas de samba. No sábado, a partir das 22h45, a TV GAZETA exibe os desfiles do Grupo Especial, a partir das 22h45, ao vivo, direto da passarela do samba. Não é a primeira vez que circulo por lá. Aliás, essa será a minha 10ª cobertura do Carnaval de Vitória para a coluna. Minha estreia no Sambão do Povo foi no carnaval de 2010. Mas meu contato com essa festa, pela qual que sou apaixonada e que cresce ano após ano, começou muito 

antes. No final dos anos 1990, acompanhei o fim dos desfiles na Avenida Jerônimo Monteiro, em plena terça-feira de carnaval. Sem nenhum glamour e apoio de patrocinadores, o carnaval do Centro agonizava. Em 1987, o prefeito Hermes Laranja inaugurou o sambódromo, mas em 1992, o Sambão foi paralisado, e os desfiles retornaram à Jerônimo Monteiro. Só em 2002, quando o prefeito da época, Luiz Paulo Vellozo Lucas (ele governou de 1997 a 2004) e a sua secretária da Cultura, Claudia Cabral, resolveram antecipar os desfiles para uma semana antes do feriado oficial, o carnaval ganhou novo fôlego retornando ao Sambão do Povo. O feito gerou muitas críticas na época, mas foi o pontapé inicial para o resgate da festa mais importante do calendário nacional em nossa Ilha.

De lá para cá, o Carnaval de Vitória cresceu, apareceu para o Brasil e a disputa por um lugar no Sambão, seja na arquibancada ou no camarote, é maior a cada ano.