Menu Principal

Siga nossas redes sociais:

Em sua sexta edição, o Prêmio Sustentabilidade – Troféu Biguá, promovido pela TV Gazeta Sul, está contemplando em 2017 ganhadores de quatro municípios da região sul do Estado: Iconha, Itapemirim, Iúna e Jerônimo Monteiro, nas respectivas modalidades Sociedade Civil, Empresa Privada, Produtor Rural e Escola. Além do troféu e da bonificação de R$ 2.000,00, os premiados deixam como legado para a sociedade exemplos de práticas que podem se multiplicar e ajudar na preservação dos recursos naturais da região.

https://especiais.gazetaonline.com.br/sustentabilidade/wp-content/uploads/sites/58/2018/03/Ativo-1@3x-179x206.png

Sociedade Civil

1º lugar: Helbeth Thompson Lugão

Projeto de Olho na Coleta: Lixeira Seletiva Três em Uma

Local: Piúma

O objetivo principal é fabricar uma lixeira feita de produto reaproveitado, com um design atrativo e de baixo custo. As lixeiras são fabricadas através do reaproveitamento de bombonas plásticas, que foram anteriormente embalagens de vários produtos e por vezes são abandonadas no meio ambiente ou inadequadamente reutilizadas. O design da lixeira incentiva à coleta seletiva e correta do óleo de cozinha e de outros materiais recicláveis, além de passar uma mensagem contra a dengue, evitando que o lixo se espalhe e acumule água parada. As lixeiras feitas pelo senhor Helbeth Thompson Lugão estão espalhadas pelo Loteamento Monte Aghá 1, antigo bairro Itaputanga em Piúma. E o alvo do projeto é futuramente atingir a todos os moradores dos munícipios que cercam a Bacia do Rio Novo.

Contato: Helbeth Thompson Lugão (28) 3520-1028 / 9 9946-7493, [email protected]


Recirculação de Água na Empresa Marbrasa Mármores e Granitos do Brasil

Local: Cachoeiro de Itapemirim

O objetivo do projeto é a reutilização de água dentro do setor industrial, pois a demanda da produção por água é bem elevada, e os mananciais não supriam a necessidade, podendo acarretar problemas insustentáveis à empresa. A necessidade fez com que a Marbrasa construísse 12 (doze) caixas para receber a água pluvial (água de chuva) e água do processo de decantação da Lama Abrasiva. A recirculação de água acontece nos setores de serraria, polimento, corte e acabamento. O consumo mensal de todos os setores que fazem a recirculação de água é de 83.580m³/mês, desse valor a Marbrasa recupera 81.407m³/mês, ou seja 97%. Essa água é 99% reaproveitada diariamente, novamente no ciclo produtivo com a reposição da água da chuva. A água, também, atende os banheiros, a jardinagem e a lavagem de pisos em áreas externas.

Contato: Pollyana Cunha Pinheiro Pontes - (28) 2101-5322 - [email protected]

https://especiais.gazetaonline.com.br/sustentabilidade/wp-content/uploads/sites/58/2018/03/Ativo-5@3x-180x207.png

Empresa Privada

1º lugar: Marbrasa Mármores e Granitos do Brasil

https://especiais.gazetaonline.com.br/sustentabilidade/wp-content/uploads/sites/58/2018/03/Ativo-2@3x-179x207.png

Produtor Rural

1º lugar: Claudionor Pansini

Recanto do Alemão – Produtor de Água

Local: Córrego Alto – Vargem Alta

O senhor Claudionor adquiriu uma propriedade na zona rural de Vargem Alta, onde uma boa parte era pasto. Há 23 anos, ele junto com seus filhos, cercou a área e começou o plantio das árvores nativas e frutíferas. No total foram plantadas 8 mil mudas. Hoje, a propriedade sede água para 8 famílias e ainda sobra água. Possuindo uma nascente somente para a piscina da casa produtor. Muita gente chamou o senhor Claudionor de maluco quando ele utilizou muita terra fértil para o reflorestamento. Mas, ele não se arrepende, pois hoje o seu sítio possui muita água e muitos pássaros.

Contato: Claudionor Pansini – 99882-0552 / 99933-0143 /  [email protected]


Águas Preciosas

Local: São Pedro – Muniz Freire

Após detectar que a água que chegava para uso na escola, não estava de boa qualidade, a direção teve a ideia de começar a mobilizar a escola, a comunidade e técnicos responsáveis pelo sistema de abastecimento de água no distrito, para que pudessem verificar quais as causas da má qualidade da água e quais as ações em conjunto que poderiam fazer para ajudarem a reverter esse quadro. A partir do momento que começou a conhecer o sistema de abastecimento de água, seus precários equipamentos e a falta de substâncias químicas para o processo de purificação da água, notou-se o ponto crucial, que ampliou e renovou toda a história do projeto: A Nascente que abaste o distrito de São Pedro já não tem água suficiente. Assim, além de tratar da água que abastece a vila, teria também que reflorestar e cuidar da área onde se encontra a nascente. E em 2011 começou o projeto de reflorestamento da única fonte de água do distrito. Os funcionários e alunos da Escola juntamente com o apoio de moradores da comunidade, monitoram a área em preservação, fazem a limpeza e a adubação das árvores em crescimento. O sonho de todos é ver a área reflorestada e a água jorrando na nascente.

Contato: Ednaldo Rodrigues do Carmo – 99886-5536 / [email protected]

https://especiais.gazetaonline.com.br/sustentabilidade/wp-content/uploads/sites/58/2018/03/Ativo-3@3x-188x211.png

Escola

1º lugar: EMEF Leovegilia Emiliano da Silva

https://especiais.gazetaonline.com.br/sustentabilidade/wp-content/uploads/sites/58/2018/03/Ativo-7@3x-188x211.png

Universidades/Faculdades/Cursos

1º lugar: IFES Piúma

Educação Ambiental para o Desenvolvimento Sustentável do Litoral Sul Capixaba

Local: Piúma

O Ifes de Piúma criou o NEA (Núcleo de Educação Ambiental) que tem como objetivo elaborar, executar e acompanhar projetos relacionados ao meio ambiente e à educação ambiental. O grupo é formado por estudantes e servidores do Ifes que desenvolvem pesquisas para levantar informações sobre a realidade local e promover a conservação o desenvolvimento sustentável dos recursos pesqueiros e das unidades ambientais. Dentre as ações do NEA encontra-se: Análise Integrada da pesca artesanal de Piúma; Mapeamento Oceanográfico e Biológico das Ilhas Costeiras de Piúma; Estrutura da População das Tartarugas em Regiões Costeiras; Trilhas Ecológicas; Limpeza e Coleta de resíduos sólidos no rio, praias, manguezais e nas ilhas de Piúma; Projeto de Educação Ambiental nas escolas de Piúma; entre outros.

Contato: Thiago Holanda Basílio - (28) 3520-0664 / (28) 99920-3464 - [email protected]

Publicidade
Top